Expocine/22
Avançar

Notícias e Novidades

Homenageado de Produção: Tem Dendê

Homenageado de Produção: Tem Dendê


 Têm Dendê, produtora homenageada pela Expocine 2022, aposta em novos olhares sobre o Brasil

A Têm Dendê é uma produtora brasileira independente, especializada em desenvolver conteúdos originais, referência nacional pela sua capacidade de realização, diversidade e pelas histórias reveladas em seus projetos. A empresa faz parte do grupo homônimo, que também representa as produtoras Todos os Cantos Filmes e LimaCom, sediadas em Salvador, na Bahia, com uma expressiva cartela com mais 50 obras produzidas e entregues em território nacional, Estados Unidos, Panamá, Costa Rica e Dinamarca.

No ano em que completa 23 anos de atuação no mercado, a Têm Dendê recebe a homenagem da Expocine na categoria Produtora. A entrega do troféu acontecerá na cerimônia de abertura do evento, na noite de 20 de setembro.

Em 2022, a Têm Dendê afirma seu DNA apostando em novos olhares sobre o Brasil, presente na trajetória de suas obras, como o longa-metragem “Antes que me esqueçam meu nome é Edy Star”, que conta a história do primeiro artista Glam do Rock brasileiro, narrativa inédita e desejada na cena nacional, e a série “Memórias do Brasil”, onde artistas experientes, como Luiz Melodia, Nildão, Lia de Itamaracá, entre outros, visitam histórias ainda não reveladas ao grande público, contribuindo para que a memória nacional seja alimentada. Motivação também presente nos 10 episódios de “Cícero”, biografia sobre o homem e o mito, que até hoje mobiliza milhares de fiéis durante todo o ano no nordeste brasileiro. 

A paisagem e sua relação com o homem é outra busca da produtora, que acredita que as regiões como o Nordeste não devem ser narradas apenas como lindos cenários. Nesse sentido, a primeira temporada de “Rios” mergulha na Bacia Atlântico Norte Ocidental, apresentando paisagem e identidade brasileira genuínas. Esse mesmo caminho que vem sendo perseguido com as estreias programadas para 2022/2023: Tradições Amazônia Atlântica, Rota das Emoções, Amores de Guerra – War Love, Cartas Para…, a animação Lampz e o jornalístico BR21, que discute o Brasil do século 21, projetos em coprodução com parceiros, outra marca do trabalho do Grupo, que acredita no trabalho em rede.

Por acreditar na diversidade de histórias e talentos de um audiovisual nacional, a Têm Dendê aposta especialmente em narrativas originadas na região CONNE (Centro Oeste, Norte e Nordeste) e FAMES (Minas Gerais, Espírito Santo e Estados do Sul do Brasil). Assim, com o olhar voltado para o futuro, a produtora criou o Talentos Brasil, edital realizado desde 2016, apoiando atuação lastreada na paridade de gênero e raça, onde a empresa recebe inscrições por meio de chamada pública. Além disso, participa constantemente de eventos de mercado nacionais e internacionais como Doc SP, Expocine, NordesteLab, Frapa, Brasil CineMundi, Minas Max, Matapi, Sapi, Rio2C, Miradas DOC, Ball Lab, FAM, entre outros, onde a Têm Dendê também figura com projetos em destaque e laboratórios de aprimoramento. 

Desde a fundação, seus sócios e principais executivos têm se engajado no desenvolvimento não apenas empresarial, mas do mercado audiovisual, buscando a construção de um cinema descentralizado, que respeite a representatividade territorial do Brasil e suas diferentes histórias, bem como a organização de uma política audiovisual que tenha espaço garantido para produtoras iniciantes e o autoral brasileiro. Desta forma, a Têm Dendê participa dos espaços de representação em entidades que defendem o segmento, a exemplo da BRAVI, CONNE, APAN, +Mulheres no Audiovisual e, desde 2021, na Câmara Técnica do Audiovisual, representada por Vânia Lima, uma das diretoras do grupo. 

Consolidada na produção de documentários e séries do gênero, a Têm Dendê implanta em 2018 o núcleo de ficção onde já desenvolve séries com estreia a partir de 2023: “Bar do Paixão”, sitcom em oito episódios sobre a uma herança pra lá de disputada; “ICE BERG”, drama onde um psicopedagogo busca caminhos para entender e apoiar seus pacientes, e “O Tempo à Faca”, escrita e dirigida por Ruy Guerra, um dos principais nomes do cinema novo, que volta ao sertão baiano. Apostas em novas formas de contar, sem perder a sua identidade, e seu olhar para um Brasil de Norte a Sul. 

A Expocine 2022 acontece entre os dias 20 e 23 de setembro, no Cine Marquise e no Hotel Renaissance, em São Paulo (SP). Garanta sua credencial aqui.

Crédito da Foto: Shirley StolzeIdentificação da foto da esquerda para a direita: Taguay Tayussy (Diretora de Edição), Cláudio Antonio (Diretor de Fotografia), Vânia Lima (Diretora de Conteúdo), Bruno Ramos (Diretor de Produção) e Keyti Souza (Diretora de Projetos).



Comente este artigo no Facebook
PATROCÍNIO
Cinionic
Cine Araujo
Cinemark
Screen X
Dolby
Gaia Digital
GDC
Hotsound
Ingresso
Kinelux
Kinoplex
Osram
Severtson
SP Cine
Strong MDI
Tele Cine
APOIO
AIC
APACI
API
APAN
BCCC
Bravi
Brazilian Content
Celluloid
CONNE
Cesnik, Quintino & Salinas Advogados
Exibidor
FAMES
Filme B
ForCine
ICAB
IMPRENSA MAHON
Instituto de cinema
Integradora Digital
LAES
Latam Cinema
Mais Mulheres
SIAESP
SICAV 75
APOIO TÉCNICO
KELONIk
REALIZAÇÃO
Tonks